Porto Belo e Itapema infestadas por Aedes aegypti

Porto Belo e Itapema infestadas por Aedes aegypti

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) divulgou relatório na terça-feira (11) revelando que 74 municípios catarinenses estão infestados com o mosquito Aedes aegypti, entre eles Porto Belo e Itapema. A infestação do mosquito transmissor da Dengue, Zica e Chikungunya preocupa a diretoria.

O relatório calculou dados até o dia 1º de Setembro, onde 53 casos de dengue, 13 de Febre chikungunya e um de Zika vírus foram confirmados no Estado. Este número é 21,3% superior ao mesmo período do ano passado, quando eram 61 cidades infestadas. Foram 1,3 mil casos notificados de dengue, dos quais 53 foram confirmados. Desses, 33 foram transmitidos dentro do estado, 25 são de residentes em Itapema, sete de Balneário Camboriú e um de Camboriú.

Outros dez casos de dengue são considerados importados, foram transmitidos fora do estado. As vítimas residem: uma em Biguaçu, uma em Blumenau, uma em Canoinhas, uma em Florianópolis, uma em Itajaí, quatro em Joinville e uma em São José. Até 1º de setembro, foram notificados 280 casos de febre chikungunya em Santa Catarina, dos quais 13 foram confirmados, 47 são considerados suspeitos e são investigados pelos municípios, mas nenhum na região. Foram notificados 60 casos de zika vírus, um permanece como suspeito e 4 como inconclusivos e também nenhum pelas redondezas.

Topo