Moradores de Tijucas são contra construção de usina de lixo

Moradores de Tijucas são contra construção de usina de lixo

A comunidade de Nova Descoberta está mobilizando moradores de toda região para barrarem a construção do Ecoparque Tijucas, a usina de reciclagem que pretende absorver o lixo de 22 municípios da Grande Florianópolis por até 55 anos. O temor é que a comunidade sofra um grande impacto ambiental com o empreendimento, prejudicando assim o cotidiano de todos os moradores.

Um abaixo-assinado está sendo organizado e o documento ficará disponível em diferentes pontos do município para que o máximo de assinaturas sejam recolhidas. Segundo os organizadores, os pontos de coleta de assinaturas serão os seguintes:

– Madeireira Camila (Nova Descoberta)
– Borracharia do Nilton (Nova Descoberta)
– Igreja Santo Antônio (Nova Descoberta)
– Mercado Gabriel (Nova Descoberta)
– Cerâmica em frente a Radical Style (SC 411 – Nova Descoberta)
– Ateliê da Unha (próximo Univali – Tijucas)
– Loja Mita Jeans (Centro – Tijucas)
– Supermercado Puel (antigo Mercado do Beto – Canelinha)
– Dudalinda Shopping da Beleza (São João Batista)
– Borracharia do Nilton (anexo mecânica ao lado Uniplacas – BR 101)

Com investimento de aproximadamente R$100 milhões a partir da iniciativa privada, o empreendimento poderá ter capacidade para absorver até 1.000 toneladas de lixo por dia. Em fase de licenciamento na Fundação do Meio Ambiente (FATMA), deve demorar 12 meses para ser construído, no entanto, uma Audiência Pública deverá ser realizada em Tijucas para decidir os rumos desta luta coletiva.

Topo