“Lares e empresas do Vale do Rio Tijucas que usam água dos rios devem realizar cadastro”, pede organização

“Lares e empresas do Vale do Rio Tijucas que usam água dos rios devem realizar cadastro”, pede organização

Moradores ou empresários dos municípios de Tijucas, Canelinha, São João Batista e Major Gercino que captam água superficial ou subterrânea diretamente de um rio, despejam líquidos ou, ainda, desenvolvem atividades nas águas das bacias dos Rios Tijucas, precisam decidir se entram – ou não – num grupo interessado nos destinos das águas do Vale do Rio Tijucas.

A intenção do grupo antes denominado “Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tijucas” e agora renomeado “Comitê Tijucas-Biguaçu“, é cadastrar toda pessoa que usa o precioso líquido no Sistema de Informações dos Recursos Hídricos do Estado de Santa Catarina. A ferramenta desenvolvida pelo Governo é para ser utilizada por seus políticos em agências do Estado espalhadas em todo território catarinense. Geralmente, ambientalistas são contratados para “auxiliar o planejamento e garantir o uso sustentável das águas, em quantidade e qualidade para todos!”.

A ferramenta é tão sofisticada que o cadastro gratuito pode ser feito on-line e autodeclarado pelo usuário. “É preciso conhecer o que fazemos com as nossas águas para protegê-las“, ressalta a campanha publicitário do Comitê Tijucas Biguaçu, que segue interessado na gestão dos recursos hídricos deste pedaço de Santa Catarina.

A Lei nº 9.433/97 determina que o uso da água deve ser autorizado pelo Poder Público e que deve ser considerado sujeito às penalidades previstas nesta Lei todos aqueles usuários que não possuírem a outorga de direito de uso.

Clique aqui para iniciar cadastro

A imagem pode conter: nuvem, céu e texto

Topo