Empresa de São João Batista recupera Rio Tijucas

Empresa de São João Batista recupera Rio Tijucas

Um histórico acordo entre moradores ribeirinhos da comunidade Colônia Nova Itália, Prefeitura de São João Batista e a empresa SX Extração está surtindo efeitos positivos no meio ambiente, em especial no Rio Tijucas.

No trecho de aproximadamente três quilômetros onde a empresa exerce suas atividades de minério de areia, a SX Extração também executa o PRAD-Plano de Recuperação de Área Degradada nos seis pontos considerados instáveis, localizados nas margens esquerda e direita do Rio Tijucas. No PRAD são efetuadas técnicas de contenção de queda de barreiras com uso de milhares de estacas, plantio de centenas mudas de árvores nativas e semeio de gramas, além do isolamento da região recuperada. Em 10 de Junho foi entregue a primeira área recuperada, com vegetação nativa crescendo vertiginosamente. Neste dia 10 de Julho, a SX Extração finalizou a recuperação ambiental de mais uma área instável. As duas áreas somam aproximadamente 550 metros. Ao todo, todas as seis áreas devem ultrapassar um quilômetro de vegetações nativas e geografia recuperadas.

Em maio de 2018, os executivos da SX Extração firmaram um importante acordo para recuperar as àreas degradadas em terras vizinhas, após a empresa ser contestada por supostas práticas irregulares de extração. Com o acordo firmado e homolagado em juízo, as relações entre empresa e moradores locais flui em plena harmonia, cordialidade e comprometimento com a natureza.

Segundo Neiva Cordeiro, funcionária da Prefeitura de São João Batista, o “objetivo da assessoria jurídica do município encarregada de analisar e fiscalizar os alvarás de licença relativos a estas atividades e autorizar a execução das atividades é buscar a harmonia entre as extrações, o respeito ao meio ambiente e a própria comunidade, especialmente em relação aos ribeirinhos das zonas de extração“.

Topo