Brusque será o primeiro município da América a receber postes inteligentes da Alemanha

Brusque será o primeiro município da América a receber postes inteligentes da Alemanha

O projeto “50 parcerias municipais pelo clima” entre Brasil e Alemanha deu mais um importante passo para o desenvolvimento sustentável dos municípios. Durante a viagem técnica à Alemanha, a comitiva de Brusque, composta por representantes da UNIFEBE e do poder público, acompanhou a instalação do poste inteligente Smight no município de Marxzell.

A previsão é que no mês de novembro Brusque conclua a instalação das estações inteligentes que contam com iluminação, internet, sensor de grandezas naturais, temperatura e carregamento de veículos elétricos.

Tivemos o privilégio de assistir a instalação dessa tecnologia similar ao que virá ocorrer, provavelmente no mês de novembro, na cidade de Brusque. A partir do que acompanhamos, temos certeza de que se avançarmos em pesquisas, poderemos nos tornar referência no assunto smart cities, as cidades inteligentes“, explica o reitor da UNIFEBE, professor doutor Günther Lother Pertschy.

Segundo o diretor de iluminação pública da Prefeitura de Brusque, o engenheiro eletricista Carlos Henrique Beuting, o objetivo é que os postes Smight promovam não só soluções energéticas e a coleta de dados, mas também promovam a conscientização ambiental e a mudança dos hábitos dos brusquenses.

Esse equipamento permite a coleta de informações sobre o tráfego, identificação de sentidos de vias, fluxo de veículos, monitoramento de estacionamentos, além de fornecer também informações sobre ruído, temperatura, grandezas naturais, emissão de CO², enfim, nos atenderá conforme a nossa necessidade pois ele é adaptável “, conta.

A princípio serão instalados três postes inteligentes, nas redondezas da Praça Barão de Schneeburg, da Praça Sesquicentenário e da UNIFEBE.

É importante nos atermos a essas novas tecnologias e necessidades, e nos adequarmos para essa mudança. A conscientização é muito importante“, afirma o engenheiro.

Segundo o superintendente da Fundema Cristiano Olinger, coordenador geral do projeto, o trabalhado desenvolvido nos últimos dois anos com o Distrito de Karlsruhe busca a transformação das cidades em cidades inteligentes.

“Estão previstas várias ações e um resumo que posso fazer é que estamos no caminho certo. A participação da UNIFEBE e dos técnicos do município têm surpreendido nossos parceiros alemães. A partir de agora, começaremos a colher frutos do trabalho árduo de toda a equipe e isto será muito importante para a transformação de nossa cidade”, diz.

Visita técnica

Durante a visita técnica na Alemanha, a delegação visitou o campus de Inovação da Empresa SMIGHT, que pertence a terceira maior empresa de energia da Alemanha EnBW. Após a visita, o grupo seguiu para o bairro de Frauenalb, de Marxzell, para conferir a instalação do poste inteligente.  A previsão é que no mês de novembro sejam instalados três postes inteligentes em Brusque. O município será o primeiro do continente americano a receber essa tecnologia.

Segundo o professor Milton Pinotti dos cursos de Engenharia da UNIFEBE, o projeto representa mais um passo importante para a Instituição.

A UNIFEBE está sempre em busca por inovações tecnológicas. Com este momento, inicia-se mais um campo de pesquisa na Instituição, com a instalação dos postes inteligentes e de iluminação LED“, conta.

Fazem parte da comitiva brusquense que esteve na Alemanha o reitor Günther Lother Pertschy, o coordenador de Arquitetura e Urbanismo da UNIFEBE Marcelius Aguiar, o professor Milton Augusto Pinotti, a relações internacionais Ana Paula Bonatelli, o professor e superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente – Fundema, Cristiano Olinger, o diretor do departamento de iluminação pública da secretaria de obras da prefeitura Carlos Henrique Beuting e o projetista e a arquiteta do Departamento Geral de Infraestrutura da Prefeitura (DGI) Alexandro Fabiano Gonçalves e Ana Claudia dos Santos.

Informações de Suellen Pereira Rodrigues

Topo